quarta-feira, 13 de setembro de 2017

XADREZ NA ESPAÇO VIDA, Fortaleza-CE

PROJETO XADREZ NA ESCOLA
11 de setembro de 2017

ESCOLA ESPAÇO VIDA
Fortaleza - CE

O jogo de xadrez tem-se multiplicado no contexto escolar como
forma de entretenimento lúdico e instrumento pedagógico

Jogo-ciência-arte

Como jogo é esporte intelectual, competição, expectativa,
desafio criador, divertimento, higiene mental, repouso.

Como ciência é estratégia (tática e técnica), estudo, pesquisa,
imaginação, descobrimento (e descoberta), ideal de perfeição.

Como arte harmonia, mensagem de beleza, encanto espiritual,
emoção, prazer cultural, felicidade

Para despertar o interesse dos adolescentes pela educação

Uma atividade livre, separada, incerta, indutiva,
materialmente regrada e que simule a realidade

Em uma partida de xadrez há uma linha de comunicação entre os jogadores,
os quais se colocam tanto como emissores quanto como receptores de mensagens,
ideias, atitudes e posições pessoais sobre a incerteza
de nosso mundo, tendo o tabuleiro e as peças como meios de transmissão.

A aprendizagem do xadrez, independentemente da idade do indivíduo, pode auxiliar:

A concentração,

paciência e perseverança,

como também promover a criatividade,

intuição,

memória

e habilidades para análise

dedução de princípios gerais.

Também auxilia na tomada de decisões

e na resolução de problemas de maneira flexível

 melhora as habilidades de raciocínio abstrato

 e solução de problemas,

a compreensão e interpretação da leitura,

o controle de impulsos, a capacidade de resistir a dificuldades

e a determinação para vencê-las

e os índices de QI verbal e não verbal

promover a concentração, a paciência e a perseverança;

Alavancar o desenvolvimento da criatividade, da intuição e da memória;

Desenvolver habilidades de análise e dedução,

auxiliando a tomada de decisões

e a resolução de problemas de maneira flexível;

A importância do respeito ao outro

Jogar sozinho sempre é menos agradável que jogar com outra pessoa.

Seu oponente não é seu inimigo, é apenas um adversário. Sem adversário não há jogo. 

Metáfora: Considerar
as adversidades como um oponente com quem sempre jogará

A importância de construção de projetos de vida.

No xadrez, caso o peão chegue à oitava linha, é promovido a uma peça nobre.

Metáfora:
O que fazer para deixar de ser peão e se transformar em um nobre?

A importância da família e da escola no auxílio das decisões

No xadrez, toda peça precisa ter outra para lhe dar proteção ou cobertura.
Sem cobertura é mais fácil perder o jogo

Não exposição da Dama.
O xadrez considera um erro estratégico a exposição
da dama no início do jogo.

De um modo em geral, o jogo de xadrez atualmente atinge um público bem
mais diversificado, e se tratando essa prática para pessoas com alguma deficiência,
aos poucos vem sendo desmistificada a ideia de que é necessário ser dotado de
uma capacidade intelectual.

O Projeto de Xadrez na Escola é uma realização do Professor Cleando Cortez


Fonte: https://seer.sis.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/reveducacao/article/view/2876/2290

XADREZ EM FORTALEZA

 
XADREZ NA BEIRA-MAR
10 de setembro de 2017

O Projeto Xadrez na Praça chega até Fortaleza e para na Beira-Mar

Um camelô e uma partidinha

 O xadrez pode enriquecer o indivíduo não apenas em nível cultural,
mas também na melhoria quando o assunto é relacionado
à tomada de decisões, agilidade no pensamento
e o entendimento competitivo entre vitória
e derrota que são características que podem
ser levadas e aproveitadas para toda a vida.

TORNEIO EM MOSSORÓ

IV Circuito de Xadrez Rápido
6ª Etapa
16 de Setembro de 2017 (Sábado)

Diretor/Organizador:
Francisco Hélder R. Cavalcante

Sistema: Suíço em 5 rodadas

Cadência
25 min KO Relógio analógico ou 20 min + 5' Relógio digital.

Local: Ufersa

Realização
Xadrez Social Clube - XSC

terça-feira, 5 de setembro de 2017

PROJETO XADREZ NA PRAÇA

 XADREZ NA PRAÇA GETÚLIO VARGAS
Setembro de 2017


Um sobrado de cor clara com portas e janelas azuis. O prédio da CDL. Ozanã e Batistinha no carrinho de confeitos. O cinema, lojas de roupas e o mercado Sofia Frutuoso, todos fechados. Teté na sua porta, as barracas da feira, o mercado, o obelisco de 1900 com uma incompreensível escultura no topo. O prédio do antigo Banco do Brasil. Casarões antigos. Pessoas, jovens e velhas, passando pra missa. O cruzeiro, o anfiteatro, duas carnaubeiras e ela imponente desde 1726.

AÇU - RN




DAVID GABRIEL GOMES
Ex-aluno do Mais Educação da EE José Correia

A oportunidade do reencontro com o xadrez 

O pai na formação dos filhos 

Encontro com amigos 

O retorno de Geildson Alves (esquerda).
O primeiro jogador de Açu a vencer Cleando Cortez

O futuro 

Artur de Sá Leitão 

Letícia